Startup de ecoturismo do Amazonas se apresenta como oportunidade para o desenvolvimento econômico e sustentável da região

Plataforma reúne prestadores de serviços e mapeia rotas de turismo de aventura na Amazônia. A iniciativa já atraiu interesse de turistas da França, Colômbia, Espanha e Estados Unidos

A ‘Pra Que Rumo’, startup de ecoturismo e turismo de aventura é uma das dez empresas que participará do 1º Demo Day da região Norte, evento que acontecerá paralelo à Feira Internacional da Amazônia (FIAM) nos dias 19 e 20 de novembro no Centro de Convenções Estúdio 5, em Manaus.

O evento tem o objetivo de promover a interação de empresas nascentes (startups) de alto impacto com investidores e estimular o empreendedorismo, inovação e ativação de novos mercados. O Demo Day será realizado pelo Governo do Amazonas por meio da Secretaria de Estado de Planejamento, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (SEPLAN-CTI).

De acordo com um dos fundadores da ‘Pra Que Rumo’, Tayke Monteiro a empresa veio mostrar que é possível um desenvolvimento econômico sustentável na região Norte por meio do turismo, que conforme dados da Organização Mundial do Turismo, cresce 7% ao ano em todo o mundo e o ecoturismo 21%.

“Em tempos de crise na indústria e no comércio, o turismo pelo contrário, tem aumentado no mundo inteiro e sabemos o potencial que nossa região possui, mas queremos comprovar isso e acreditamos no turismo como modelo de desenvolvimento. Nossa proposta é mapear as atividades turísticas que existem aqui e compartilhar isso de uma forma mais fácil por meio de uma plataforma”, destacou Tayke.

Em geral, participam do Demo Day empresas que já encontram um ponto de equilíbrio financeiro em suas atividades e para Tayke participar do evento é importante porque acaba marcando mais ainda a qualidade do projeto da ‘Pra Que Rumo’, além de ser uma oportunidade de adquirir mais conhecimentos técnicos.

A empresa existe há um ano e mapeia as atividades turísticas existentes na região e compartilha as informações de forma colaborativa.

Todas as pessoas que desejam traçar uma rota turística sempre fazem pesquisas por meio digital e a empresa veio facilitar esse processo, já que em uma única plataforma são reunidas muitas opções e rotas turísticas na região, funcionando como um mapeamento em tempo real.

A proposta da ‘Pra Que Rumo’ é utilizar a tecnologia para evidenciar o potencial turístico da região com a certeza de que é o caminho para desenvolver o potencial da Amazônia de maneira sustentável.

Através de uma plataforma, turistas e moradores locais podem contribuir com a localização e o mapeamento de todas as atividades turísticas desenvolvidas na região em tempo real.

Segundo Tayke, o público da empresa é 98% local e por meio da Startup já foram recebidos na região turistas de vários países, entre eles, França, Colômbia, Espanha e Estados Unidos.

Concurso
No próximo dia 18 de novembro a ‘Pra Que Rumo’ participará da final do Concurso Nacional de Startups do Turismo da Associação Brasileira das Empresas e Entidades de Gastronomia, Hospitalidade e Turismo (ABRESI). A empresa ficou entre as doze empresas selecionadas para final do concurso após passar por três etapas de avaliação.

Mais informações: www.praquerumo.com.br