Plataforma desenvolvida por estudantes do AM promete otimizar o tempo dos advogados

Levar comodidade e otimizar o tempo dos advogados através de uma plataforma digital. Essa é a proposta da startup amazonense Jusdata, selecionada para participar da Campus Party Brasil 2017, evento referência em inovação, criatividade, ciência e entretenimento digital, que acontece entre 31 de janeiro e 5 de fevereiro em São Paulo.

Buscando explorar a tecnologia em benefício da área da Advocacia, os estudantes Gabriel Ribeiro (Engenharia de Software – Fucapi), João Lucas Cantuária (Engenharia da Computação – Ufam) e Renata Guerreiro (Direito – Fametro) deram início, há cerca de 9 meses, à startup criada com o objetivo de conectar advogados a recursos digitais já disponíveis, como banco de dados disponibilizados pelos Tribunais de Justiça.

“A sistematização dos tribunais já acontece há um certo tempo, mas o advogado não consegue explorar esses recursos digitais disponíveis da melhor forma. Nossa plataforma busca levar essa tecnologia até a outra ponta, permitir que os profissionais efetuem o seu login e tenham acesso à  busca de auto de processos, captação de movimentações processuais, gestão financeira, publicações, entre outros, em um só lugar”, afirma João Lucas.

Segundo João, a ideia surgiu quando ele percebeu a dificuldade do pai, que é advogado, em encontrar softwares que atendessem às demandas do dia a dia e que fossem rápido e simples de usar. O estudante viu no problema uma oportunidade de negócio, e desde então vem desenvolvendo soluções que buscam atender um mercado ainda em crescimento.

De acordo com os idealizadores do projeto, as soluções disponíveis atualmente possuem alto custo e não suprem de forma satisfatória e rápida as necessidades dos profissionais da advocacia. “Muitas vezes os advogados contratam serviços caros que não trazem as soluções esperadas. Geralmente eles também acabam tendo que contratar pessoas para gerenciar esses sistemas, gerando muitos custos e pouco retorno”, ressaltam.

Qualquer profissional de Direito que esteja com a anuidade em dia na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) pode ter acesso ao Jusdata. Basta acessar www.jusdata.com.br, fazer o cadastro com email e número de inscrição da OAB e navegar pelo site. A startup oferece planos mensais à advogados liberais e escritórios de advocacias, que podem ser pagos no cartão de crédito ou boleto bancário. Além disso, a Jusdata oferece 15 dias gratuitos à novos usuários.

Sobre a oportunidade de apresentar o negócio em um dos maiores eventos de inovação do país, os empreendedores se mostraram otimistas em relação ao que os espera em São Paulo nas próximas semanas. “Essa é nossa primeira participação como expositor e queremos aproveitar as oportunidades de mentoria e treinamento, além de apresentar nossa startup. Muita gente ainda não conhece as ideias desenvolvidas em Manaus, e essa é uma boa oportunidade para levá-las ao público e a possíveis clientes”, disse João.

Atualmente, os idealizadores do projeto utilizam o espaço do Cardume Coworking para desenvolverem os trabalhos. Após vencerem um concurso de ideias promovido pelo espaço, Gabriel, João e Renata ganharam seis meses de residência gratuita, que vai até abril deste ano.