“Independente do ano forte ou fraco, tem que estar preparado”

Pedro estudou para ser professor, mas foi com o ‘Açougue do Pedro’ que ele conseguiu sair do aluguel e comprar o primeiro carro. Foto: Raimundo Valentim.

O açougueiro Pedro Antônio da Costa Nazário, 43, não gosta nem de ouvir falar em crise. Trabalhando há mais de 9 anos na Feira do Mundo Novo, na zona Norte de Manaus, sete dias da semana, 14 horas por dia, ele conquistou a confiança de seus clientes e aproveitou o ano de 2016 para investir no pequeno açougue onde trabalha ao lado da esposa.

Foi graças ao microcrédito de R$ 15 mil que ele obteve na AccessCrédito que Pedro renovou seu maquinário e adquiriu duas novas freezers para armazenar, por mais tempo, as carnes e adquirir mais facas de corte.

“Independente do ano forte ou fraco, tenho que estar preparado para não deixar o cliente na mão. É melhor deixar de comprar roupa para investir, porque sei que vou vender mais”, disse ele, que já recorreu à Access cinco vezes. “Procurei a empresa porque lá não tem muita burocracia, sou bem recebido do jeito que eu vou e o atendimento é tranquilo”, afirmou.

Pedro estudou para ser professor, mas foi com o ‘Açougue do Pedro’ que ele conseguiu sair do aluguel e comprar o primeiro carro. “Isso aqui é a minha galinha dos ovos de ouro. Eu poderia ter continuado como professor, mas tenho certeza que não conseguiria ter juntado tudo isso que tenho”, declarou ele, enquanto preparava uma peça de picanha para vender no dia seguinte. “Essa já tem dono”, comemorou.

Pedro que é maranhense deixou a cidade natal para trás, há mais de 20 anos, e diz não se arrepender da mudança.