Como transformar um negócio tradicional pequeno em um negócio compatível com a nova economia digital

Atualmente donos de negócios tradicionais se preocupam em como tornar seus negócios mais “digitais”. Em alguns casos parece difícil enxergar como tornar o negócio mais “digital”, por exemplo, o caso de uma tradicional fábrica de sabonetes.

Tornar seu negócio mais “digital”, não necessariamente implica em transformar seu produto em um produto digital. Há diversas formas de transformar um negócio tradicional e tirar vantagem dos novos meios digitais e modelos de negócios existentes atualmente.

Utilizarei aqui, um exemplo real de um salão de beleza, um negócio tradicional, que, tirando a venda de produtos on-line, não é tão fácil imaginar como torná-lo um negócio mais “digital”. Porém, Marta Ferreira do Espaço Cabelo de Luxo (www.cabelodeluxo.com.br), vem provando que, além de ser viável, pode ser muito rentável.

O salão dela, localizado no bairro de Moema em São Paulo capital, possuía todas as características tradicionais de um salão de bairro, serviços de manicure, cabelo, estética e corpo, bem localizado, clientela fiel, possuía entre 15 e 20 funcionários e muita, muita “dor de cabeça” segundo ela.

Ela afirma que a dificuldade em gerir os funcionários do salão, e os elevados custos de operação, a deixava desmotivada e com uma margem financeira não justificável. Após muita pesquisa e delineação de diferentes possíveis abordagens para aprimorar seu negócio, percebeu que a mudança precisava ser radical.

Como além de ser a proprietária do salão, havia adquirido especialização em alongamento de cabelos em Londres na Inglaterra, resolveu apostar todas suas fichas em neste tipo de serviço, porém de uma forma altamente especializada e individualizada para suas clientes. Para isso, foi aos EUA para estudar nos melhores centros de treinamento em mega hair (alongamento de cabelos) reconhecidos atualmente.

O primeiro passo para se adequar a nova economia, mais “digital” e mais inovadora, é certamente, buscar continuamente se especializar ao máximo naquilo que faz.

Além disso, Marta buscou uma graduação em Marketing para aprender as novas formas de se comunicar com seu público-alvo.

Então, ela juntou coragem para mudar de endereço e demitir todas suas funcionárias com exceção de uma que a acompanha até hoje. Montou uma loja virtual para vender produtos relacionados ao mega hair, passou a atender individualmente suas clientes (que muitas são figuras públicas), estruturou um co-working de beleza e passou a utilizar técnicas de S.E.O (Search Engine Optimization).

Co-working é um modelo cada vez mais comum nos países desenvolvidos, onde o profissional aluga um espaço ou sala para trabalhar. Neste modelo não há relação trabalhista entre o fornecedor do espaço e o profissional, pois ele ou ela são um cliente do co-working.

Search Engine Optimization, em português, Otimização para Mecanismos de Busca, é um conjunto de técnicas que busca melhorar a posição que um site de internet aparece nos mecanismos de busca, como o Google por exemplo. Ainda, a Marta passou a fazer intenso uso das redes sociais e novos canais digitais para se comunicar com seu público.

Hoje ela afirma que tem um faturamento similar ao que tinha quando ainda atuava no tradicional modelo de salão de beleza, porém com uma margem três vezes maior.

Website: http://www.cabelodeluxo.com.br

Fonte: Dino