Aplicativo ‘Amazonas na Palma da Mão’ é destaque em Las Vegas

Lançado há pouco mais de um mês, o aplicativo Amazonas na Palma da Mão, desenvolvido pela Empresa de Processamento de Dados Amazonas S.A (Prodam) em parceria com a CA Technologies, foi apresentado no CA World, evento anual da CA Technologies, realizado em Las Vegas (EUA).

O aplicativo para tablets e smartphones agrega serviços da área de trânsito e educação, além de notícias com foco na prestação de serviços.

“É uma solução para melhor servir a população, que provoca profundas mudanças culturais”, destacou Daniel Castello Branco, diretor técnico da Prodam, após se apresentar no CA World.

Daniel comenta que a relação do Amazonas com a tecnologia tem-se estreitado muito nos últimos anos e fez o governo identificar um momento oportuno para levar conveniência para o cidadão. Segundo ele, o Amazonas é o maior estado do Brasil em tamanho, somando 4 milhões de pessoas, com metade delas vivendo na capital, e 50% da produção local gira em torno de smartphones e outros recursos tecnológicos.

A busca por uma solução digital para agregar diversos serviços foi um caminho natural e que teve início há cerca de 12 meses. “No coração da solução, queríamos prover uma boa experiência para os usuários”, contou. Deu certo. Nos primeiros dias que a aplicação estava no ar, o serviço de registro escolar somou mais de 5 mil requisições por segundo. “Agora, o cidadão não precisa mais pegar fila para registrar seu filho na escola”, conta.

Ainda na parte de educação, outros benefícios apresentados pelo app incluem informações como frequência escolar, notas, e desempenho dos alunos. Em trânsito, é possível consultar infrações e situação de veículos e multas na CNH. A expectativa da Prodam é expandir o serviço para outras áreas, como segurança, saúde, produção rural, além de agendamento de serviços.

Um dos desafios do projeto, conforme Daniel, foi a integração das bases de dados, considerando o cidadão individualmente e não por suas diversas personas. “Um cidadão pode ser pai ou motorista do seu carro. O desafio foi vê-lo como uma pessoa única no sistema”, revelou ele.

Até o momento, mais de 60 mil downloads do app, disponível em princípio para Android, foram feitos sem nenhum tipo de divulgação massiva, provando a aceitação por esse tipo de solução. O investimento inicial no projeto foi de R$ 5 milhões, incluindo software e serviços.