Afeam e Cetam unem capacitação e crédito para ampliar chances de sucesso dos empreendedores

Capacitação e acesso ao crédito. Duas condicionantes que fazem diferente no futuro de um novo negócio. E é pensando nisso que a Agência de Fomento do Estado do Amazonas S.A. (Afeam) e o Centro de Educação Tecnológica (Cetam) estão reforçando a parceria entre as duas instituições para ampliar as chances de sucessos dos novos empreendedores, ou daqueles já estabelecidos e que buscam qualificação, em 2018.

No próximo ano, a Afeam planeja investir R$ 52 milhões só no microcrédito, dos quais R$ 40 milhões exclusivamente no setor primário, uma das prioridades do governador Amazonino Mendes. Já o Cetam, que deverá fechar 2017 qualificando em torno de 85 mil pessoas, tem a meta de ampliar em 30% esse público, justamente o mesmo alcançado pela linha de microcrédito Banco do Povo da Afeam.

“Quanto mais qualificado, maiores são as chances do empreendedor obter sucesso. Com o Cetam, estamos justamente aperfeiçoando o que chamamos de crédito orientado, pois nosso objetivo é que o financiamento gere de fato emprego e renda e de forma sustentável”, destaca o presidente da Afeam, Alex Del Giglio.

Em reunião na sede da Agência de Fomento, onde as duas instituições traçaram planos de trabalho para 2018, o presidente do Cetam, Rony Siqueira, destacou a importância da parceria justamente pelo fato dos alunos do Centro de Educação Tecnológica poderem dar continuidade aos seus projetos a partir do crédito oferecido pela Afeam.

“Estamos trabalhando no aperfeiçoamento do trabalho do Cetam, na ampliação da parceria com a Afeam, para que ao longo do curso possamos também abrir um horizonte empreendedor aos novos alunos. Nossa ideia é fazer com que eles (alunos) desenvolvam plano de negócio para estimular esse lado empreendedor”, disse o presidente do Cetam.

Siqueira acrescentou que um núcleo de acompanhamento de egressos da Instituição também será implantado, com objetivo de aperfeiçoar as políticas públicas do Estado nessa área.

Os alunos formados pelo Cetam, em Manaus e no interior do Estado, são encaminhados à Afeam e na instituição têm prioridade na análise das propostas, justamente pela qualificação profissional adquirida no Cetam. Pela linha de microcrédito Banco do Povo, podem obter até R$ 15 mil, com prazo de carência para o início do pagamento e taxa de juros subsidiada, a menor na comparação com as praticadas pelos bancos comerciais.